Radar Litoral/24.05.2019

Após uma semana do deslizamento, SP-55 segue bloqueada por 'montanha de terra e pedra' em São Sebastião; liberações intermitentes em sistema pare-siga



Postado em: 24/05/2019


Uma semana após o bloqueio total da Rodovia Manoel Hyppolito do Rego (SP-55) na altura da Praia das Cigarras (km 118,8), em São Sebastião, provocado por um grande deslizamento da encosta, não há qualquer previsão de liberação da estrada. Uma montanha de terra e pedras cobre boa parte da pista. Desde a última quarta-feira (22/5), o trabalho de contenção e retirada do material passou a ser realizado pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem), órgão do Governo do Estado. As liberações ocorrem de maneira intermitente em sistema de pare e siga.

A passagem de veículos pelo local ocorre entre meio-dia e 13h e das 18h às 8h do dia seguinte. O deslizamento de terra ocorreu na noite de sexta-feira (17/5) e de imediato a Prefeitura de São Sebastião iniciou o trabalho emergencial. 

Em nota, a Secretaria de Transportes e Logísticas informou que as equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) seguem trabalhando na limpeza da pista e remoção do material rochoso, na altura do Km 118,7, na Rodovia Doutor Manoel Hyppolito Rego (SP-055), em São Sebastião. Paralelamente, estão sendo finalizados os estudos e levantamentos topográficos para recomposição do talude que cedeu.   

Os bloqueios serão realizados nos Km's 114,5 e 122,7. O DER salienta que a interdição é necessária para que as equipes do sigam com os trabalhos de estabilização do talude que cedeu. 
 
Viaturas das Unidades Básicas de Atendimento e da Polícia Militar Rodoviária permanecem no local.  Os motoristas e usuários poderão obter informações sobre as condições de tráfego na rodovia pelo telefone da Central de Operação e Informação do DER, o 0800 055 5510, também pelo site do DER http://www.der.sp.gov.br e Twitter, seguindo o perfil @_dersp.

Prefeitura

A Prefeitura de São Sebastião destacou em nota que desde a ocorrência no fim de semana, uma estrutura de resposta rápida à população envolveu assistência social, implantação de abrigos em unidades escolares, organização do trânsito, segurança, prestação de socorro que não poderia ser comprometida, transporte por botes, todos os secretários e suas equipes em campo, Defesa Civil, Comunicação informando a população a cada momento e situação nova, e o prefeito in loco coordenando os trabalhos no trecho que foi afetado e ainda corre risco iminente de novas quedas de barreiras.

Agora, após a Prefeitura operar no gerenciamento da crise, o DER assumiu os trabalhos, inclusive com o sistema de pare e siga na rodovia ao longo do dia. Do dia 17 a 22 de maio, a Prefeitura disponibilizou aos munícipes transporte emergencial por embarcações marítimas, transportando mais de 45 mil pessoas. 

Serviço

Para mais informações direto com DER/SP:
Telefone PABX: (11) 3311-1400;
Emergência na Rodovia: 0800 055 5510.



Últimas Notícias