Em entrevista, Dória reafirma privatização da travessia, fala sobre duplicação da SP-55 e busca solução para Contorno



Postado em: 22/05/2019


O Governo do Estado deve apresentar em breve uma solução para a retomada das obras dos contorno da Rodovia dos Tamoios. A afirmação foi feita pelo governador João Dória e sua equipe, durante coletiva com rádios do interior e litoral, realizada na manhã desta terça-feira (21), no Palácio dos Bandeirantes. A Morada FM foi a única rádio do Litoral Norte que participou do evento.

A equipe da Rádio Morada questionou o governador sobre a retomada das obras dos contornos da Rodovia dos Tamoios, aliada aos problemas de erosão e deslizamentos que têm ocorrido na região, além da travessia por balsas.

Sobre a travessia, o governador informou que “todo o serviço de balsa será privatizado, não há outra solução. Não é função pública, é privada. No segundo semestre, esse serviço será concessionado”.

Dória afirmou que definiu com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o programa de duplicação da Rodovia Rio-Santos, que será implementado pelo Governo Federal com apoio do Governo do Estado. “É um anseio de três décadas para facilitar o turismo e o transporte de cargas e mercadorias”.

Sobre a retomada das obras dos contornos da Tamoios, o vice-governador Rodrigo Garcia, destacou que ss cinco grandes obras viárias do Estado estão paradas, entre elas, as dos contornos. “Desde janeiro, o governador vem reunundo a Procuradoria Geral do Estado e os engenheiros. Estamos debruçados na busca de uma solução. Tivemos uma grande reunião nessa semana, onde surgiu uma luz para a retomada da obras, fundamental para viabilidade do Porto de São Sebastião”.

O vice-governador destacou o alto nível de complexidade dessas obras paradas e reafirmou que até 30 de maio, o governador anuncia solução de parte delas. “Este é um ano fundamental para a retomada dessas obras para a entrega ainda nesse governo”.

Sobre os problemas na Rio-Santos, principalmente no km 118, onde houve um grande deslizamento, o secretário de Logística e Transporte, João Otaviano, ressaltou que foi uma chuva de grande intensidade em área de alta instabilidade. “Temos equipes no local para fazer o deslocamento das rochas que estão no topo e representam grande risco. É uma situação crítica e trabalhamos para limpar o mais rápido possível”.

O secretário afirmou que as obras de contenção começaram. “Estamos fazendo o sistema de dermas, que é uma maneira de estabilizar os taludes a até 80 metros de altura”.

Sobre os contornos da Tamoios, Otaviano considera uma obra de muita importância, pois será a alternativa da melhor qualidade para a região, principalmente para o acesso ao Porto de São Sebastião.



Últimas Notícias