Cidades da região participam da feira de turismo WTM em São Paulo



Postado em: 04/04/2019


As cidades do Litoral Norte participam até esta quinta-feira (4/4), na capital paulista, da World Travel Market (WTM) - uma das principais feiras internacionais com operadores e agentes de diversos países em busca de produtos turísticos. O evento que começou na terça-feira é realizado no Expo Center Norte.

Durante os três dias, 8 mil visitantes e 600 empresas expositoras fazem networking, negociam e se atualizam com  as últimas notícias do setor. Segundo os organizadores, trata-se de oportunidade para negócios, e ampliar conhecimentos com palestrantes renomados.

A convite da Secretaria do Estado de São Paulo, a Banda Municipal "Maestro Manoel Ladislau de Mattos", de São Sebastião, teve a oportunidade de se apresentar na abertura do WTM. Segundo a Diretora de Turismo, Eunice Bourroul, a participação na feira internacional é importante para consolidar a cidade no mercado como um destino relevante. "É uma competição muito acirrada, porque temos o Nordeste e o Pantanal, por exemplo, que também são lindos destinos. Nós precisamos estar com produtos muito bem estruturados para poder competir com esse mercado e ter uma ação bem efetiva na feira, para que ela possa trazer resultados para o trade, não só visibilidade como destino, mas também como negócios", ressaltou.

O estande de Ilhabela recebeu a visita do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ao lado do secretário nacional de Integração Interinstitucional, Bob Santos. Eles receberam, em primeira mão, a divulgação de produtos turísticos consolidados para a comercialização do imenso inventário turístico do município, com ênfase na promoção do arquipélago como o melhor destino de natureza do Brasil. Além dos representantes do governo federal, estiveram no estante os diretores da WTC, Claude Blanc (de portfólio mundial), e Luciane Leite (que dirige a seção América Latina).

A cidade anunciou o aumento de 25% no número de visitantes ao arquipélago em pleno inverno do ano passado (em comparação com julho do ano anterior), chegando a 100 mil turistas e 90% de ocupação nos hotéis e pousadas. No verão de 2019, foi identificado um crescimento de 10% sobre o mesmo período do ano passado, alcançando 400 mil turistas, impulsionados principalmente pelo aumento de cruzeiros que desembarcaram na ilha. O incentivo ao turismo, de forma geral, é resultado dos investimentos em infraestrutura e em promoção turística.

Ao mesmo tempo, o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Ricardo Fazzini, anunciou o início da implantação dos projetos de universalização do saneamento na cidade, que já começarão a apresentar resultados no próximo ano. O cronograma das obras prevê que a totalidade da cidade terá esgoto tratado em até três anos. Os projetos preveem que a qualidade do tratamento devolverá uma água tratada com 99% de pureza – algo inédito nos principais destinos de natureza do Brasil.

Sob o slogan “Ilhabela. Vida Natural”, a promoção turística da cidade reforça este ano o Turismo de Base Comunitária (TBC) na praia de Castelhanos, além de pacotes de cinco ou duas noites, incluindo possibilidades de passeio de escuna, mergulho, visitas a praias e ao Centro Histórico da Vila. Diante desses atrativos, o próprio diretor mundial de portfólio da WTM, Claude Blanc, escolheu Ilhabela como o destino brasileiro de natureza em seu próprio plano de viagens após a feira em São Paulo.



Últimas Notícias