Radar Litoral

Capitão da PM que implantou programa “Vizinhança Solidária” recebe título de cidadão no aniversário de São Sebastião



Postado em: 13/03/2019


O comandante da 1 Companha de Polícia Militar de São Sebastião, capitão Eduardo Gonsales, receberá no próximo sábado (16/3), em sessão solene da Câmara Municipal, o título de cidadão sebastianense. Ele comanda a PM no município desde 2017 e criou o Programa “Vizinhança Solidária”, que traz o conceito de polícia comunitária desenvolvido em vários países do mundo.

O programa reúne moradores em grupos de aplicativo de mensagem, que ajudam a identificar atitudes suspeitas nos bairros e assim a intervenção rápida da polícia. Pelo programa, ele promove reuniões comunitárias, levando informações sobre ações que visam a promoção da segurança pública. Eduardo Gonsales também oficializou a parceria Prefeitura e Polícia Militar para o convênio que permite a Gratificação por Atividade Delegada. Neste programa, policiais trabalham no horário que estariam de folga e recebem subsídio do município.

Gonsales nasceu em Guarulhos, tem 38 anos, e aos 9 anos veio morar em Caraguatatuba. Ingressou na Academia do Barro Branco em 2002 e veio para o Batalhão de Polícia Militar no Litoral Norte em 2005.

Entre 2008 e 2017, ainda como tenente, comandou o Pelotão de Polícia Militar na Costa Sul. Ainda em 2017, promovido a capitão, assumiu o comando Companhia de Polícia Militar de São Sebastião e Ilhabela. "Fiz minha carreira praticamente toda aqui em São Sebastião. É muito emocionante pra mim ganhar este título, o reconhecimento do trabalho que sempre fiz aqui na cidade. Estou muito feliz", disse Gonsales. 

Ele é bacharel em ciências policiais de segurança e ordem pública, com especializações em gestão orçamentária, direitos humanos, trânsito urbano, entre outras. O título de cidadão foi proposto pelo vereador Pedro Renato.  A sessão solene da Câmara será no próximo sábado (16/3), às 10h, no Teatro Municipal.



Últimas Notícias