André Santos/PMSS

Sol e ondas perfeitas marcam "Red Nose São Sebastião Pro 2018" em Maresias



Postado em: 01/11/2018


A praia de Maresias, na Costa Sul de São Sebastião, é palco do "Red Nose São Sebastião Pro 2018", segundo maior evento de surf realizado no Brasil nesta temporada, e etapa do Qualifying Series (QS) 3000 que garante acesso à elite do surfe mundial. O sol e as ondas perfeitas marcaram os dois primeiros dias de competição. 

O município recebe a competição pelo segundo ano consecutivo. Entre os 112 surfistas, de 13 países, estão 87 brasileiros, um deles, o sebastianense Samuel Pupo, 18 anos, que é uma das promessas da nova geração. Para o surfista é confortável competir no quintal de casa. "É demais competir em casa. Vários anos o campeonato rolou aqui em Maresias, e a sensação é mesma, é muito bom sair de casa, pegar a lycra e já cair na bateria. É perfeito! Me sinto muito confortável em surfar no quintal de casa", contou Samuca que estreia na terceira fase, terceira bateria.

O presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, mais conhecido como Silvério, parabenizou a cidade pela estrutura e organização do evento. "São Sebastião está de parabéns mais uma vez, por acreditar no surf, acreditar no potencial que a cidade tem. Isso é muito importante para nós aqui de São Paulo, que temos o carro forte no surf brasileiro. Mais um belo evento com uma estrutura boa e uma premiação bem atrativa. Espero que o sol continue aqui com a gente", comentou.

A expectativa para Frank Constâncio, presidente da Associação de Surf de São Sebastião, que apoia o evento, é de que Maresias possa receber uma etapa do Championship Tour (CT). "A nossa expectativa nesses eventos é sempre a melhor, ainda mais um evento que tem projeção internacional, é muito importante para a cidade e para nossos atletas. E temos o sonho, de repente, trazer uma etapa do CT pra cá que não é impossível de acontecer", disse.

O secretario de Esportes de São Sebastião, Philipe Marmo, disse que a expectativa é de que pelo menos 50 mil pessoas prestigie o evento este ano. "Esse é um evento incrível que já estava na expectativa dos surfistas e dos amantes do esporte. Temos a oportunidade de olhar de perto os principais ídolos da modalidade do país, sem contar que é um incremento muito grande para economia local, para o turismo. O ano passado tivemos 50 mil pessoas e a expectativa é que de alcancemos esse número novamente este ano, com essas altas ondas e sol", finalizou. A competição vai até domingo (4/11).

 



Últimas Notícias