Divulgação

João Dória quer privatizar travessia por balsas e rigor na conclusão das obras na região



Postado em: 29/10/2018


O governador eleito de São Paulo, João Dória (PSDB), reafirmou que quer privatizar o serviço de travessia por balsas entre São Sebastião e Ilhabela. Ele disse que vai cobrar o cumprimento do prazo de obras em andamento no Litoral Norte, como Hospital Regional e contornos. As afirmações foram feitas em entrevista exclusiva concedida à Rádio Morada e ao Radar Litoral.

Dória afirmou que o serviço de travessia é vergonhoso. “Vamos privatizar, isso não deve ser função do estado. Precisamos de balsas rápidas e eficientes, com conforto e segurança. Todos os serviços de travessia do estado serão privatizados”.

Com relação às obras de duplicação da Rodovia dos Tamoios, o governador eleito disse que é preciso realizar o melhor trabalho de contenção das encostas. “Não é possível a cada chuva média, gerar insegurança ao usuário”. Ele disse ainda que pretende conversar com a concessionária da rodovia e as empresas de engenharia para que os prazos de conclusão das obras sejam cumpridos.

Na SP-55, Dória afirmou que há R$ 138 milhões no orçamento do estado para ampliação de faixas entre Caraguatatuba e Ubatuba. Ele afirmou que pretende fazer o recapeamento da rodovia até Bertioga.

Com relação ao Hospital Regional, obra prevista para ser entregue no primeiro semestre de 2019, após dois adiamentos, o governador eleito afirmou que vai exigir que os prazos sejam rigorosamente cumpridos. “Para funcionar bem, precisa ser bem administrado e isso será feito por uma OS (Organização Social) para a contratação de profissionais. O Hospital Regional está entre as nossas prioridades para o Litoral Norte”.

João Dória reafirmou o compromisso de instalar um BAEP (Batalhão de Operações Especiais da PM) no Litoral Norte, provavelmente em Caraguatatuba. “Serão 300 policiais fortemente armados, com carros blindados e equipamentos de última geração e a Força Tática. Vamos defender a vida dos cidadãos de 



Últimas Notícias