Celso Moraes/PMSS

Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer atende moradores de São Sebastião em ônibus consultório



Postado em: 09/10/2018


Durante o mês dedicado à prevenção do câncer de mama, o chamado "Outubro Rosa", a Secretaria da Saúde da Prefeitura de São Sebastião trouxe para o município o GAPC (Grupo de Apoio à Pessoas com Câncer) de São José dos Campos com o "Projeto Prevenir" - um ônibus consultório médico/odontológico. Além de atendimento, os moradores recebem informações sobre a importância do diagnóstico precoce e da prevenção de diversos tipos de câncer.

Nesta terça-feira (9/10) o ônibus ficou estacionado em frente à Unidade de Saúde da Topolândia, região central da cidade. Uma enfermeira e um cirurgião dentista realizaram rastreamentos de câncer de mama e de boca.

De acordo com a coordenadora do Projeto, Maiara Batista Gomes, se na avaliação odontológica for constatado algo, é feito um encaminhamento da própria Unidade de Saúde para ser tratado em São Sebastião. "Dentro do ônibus, a enfermeira fornece também orientações sobre o autoexame nas mulheres. Em frente ao ônibus uma equipe realizou a marcação de mamografias e distribuiu material gráfico informativo.

Segundo o secretário da saúde, Carlos Roberto Pinto, o trabalho conjunto das equipes de saúde e do G.A.P.C. tem como objetivo aproximar esse diagnóstico da população. "Além disso, o apoio ao paciente oncológico é fundamental para que ele possa ter qualidade de vida e ter um tratamento digno", explicou.

O dentista Flávio Peres trabalha no Centro de Especialidades Odontológicas rastreando a população com o objetivo de diagnosticar precocemente o câncer. Segundo ele, 14 pessoas morrem por dia no Brasil com câncer bucal. "Nosso trabalho aqui é rastrear o câncer da mucosa da cavidade oral e lábios, procurando lesões precursoras ou propriamente ditas do câncer", ressaltou.

Ainda segundo Peres, o rastreamento é uma pesquisa na população de possíveis alterações sem queixa clínica, quem podem estar presentes mesmo sem sintomas. "O câncer é silencioso na maior parte dos casos nos primeiros meses, sem queixa de dor. Quando começa a doer, a lesão já bem evoluída diminui as chances de cura, daí a importância de descobrir o câncer precocemente".

Nesta quarta-feira (10/10) a ação será realizada em Boiçucanga, Costa Sul da cidade, das 9h às 16h, em frente à Unidade de Saúde (Rua Tropicanga, 22).

Melhor prevenir

Ana Borges fez o autoexame e a avaliação bucal. "Está tudo bem comigo. Achei muito boa a iniciativa, estava tentando marcar faz tempo e não estava conseguindo. Agendei a mamografia também", contou.

Elaine Maria Oliveira Pereira também passou pelo dentista e a enfermeira e está bem. "Agendei a mamografia. Gostei muito dessa oportunidade, assim a gente se previne mais".

Iria Batista de Araújo, 74 anos, faz a mamografia uma vez por ano. "Todo ano eu faço um 'check up' geral. A gente precisa se prevenir, para não acabar tomando um susto".



Últimas Notícias