Divulgação/PMSS

São Sebastião vence Prêmio Nacional do Conselho Federal de Odontologia em saúde bucal



Postado em: 23/09/2018


São Sebastião venceu o Prêmio Nacional CFO (Conselho Federal de Odontologia) de Saúde Bucal da edição de 2017 entre os municípios que possuem 50.001 a 300 mil habitantes.

A cidade – que já havia sido escolhida como a melhor Odontologia Pública do Estado de São Paulo – receberá, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido e resultados objetivos, um consultório odontológico completo. Os demais classificados receberão troféus e certificados.

A data da cerimônia de entrega do prêmio será anunciada em breve pelo conselho. "O CFO, ao conceder o prêmio, está fazendo um reconhecimento público aos municípios por boas práticas na área de saúde bucal que beneficiam os cidadãos", destacou o vice-presidente do CFO, Emerson Luiz Jorge.

"O prêmio é uma forma de o CFO reconhecer e agraciar os municípios que dão a devida importância à saúde bucal, que é primordial para alcançarmos no país um nível de atendimento de saúde pleno ao cidadão brasileiro. Não se faz saúde de qualidade sem a presença dos cirurgiões-dentistas. Os municípios que participaram, os classificados e os vencedores são exemplos de boas práticas e elas precisam ser devidamente reconhecidas", declarou o presidente do CFO, Juliano do Vale.

Odontologia pública no município

De acordo com o diretor de Odontologia do município, Daniel De Capitani, São Sebastião hoje conta com 22 unidades de Posto de Saúde da Família (PSF) e quatro de Urgência e Pronto Atendimento, além de dois Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e três equipes de prevenção.

O município conta também com um recém-criado Departamento de Saúde Bucal, que possibilitou todo esse processo de reorganização do serviço em coordenações, supervisões e administrativos.

Ainda segundo Capitani, esse prêmio avalia toda a questão administrativa, política e técnica em todos os níveis, como índices norteadores de saúde bucal, fluoretaçao da água de abastecimento, desprecarização dos vínculos empregatícios, financiamentos em saúde bucal, abrangência populacional, prevenção, promoção e vigilância em saúde, entre outros.

"Para nós do setor, esse prêmio é o auge do reconhecimento no país por tudo o que a saúde bucal representa no município. Para nós é motivo de orgulho e satisfação, promovendo uma motivação ainda maior para todos os profissionais do setor a quem dedico esse prêmio", disse. "Agradeço mais uma vez meu amigo e prefeito Felipe Augusto por acreditar nesse trabalho e me confiar a composição da equipe de coordenadores. Todos com mesmos princípios, alinhados e focados num mesmo objetivo, que nada mais é que o bem comum", finalizou.

O Prêmio

O prêmio, que foi instituído em 2005 pelo CFO, é concedido às cidades brasileiras que se destacam no atendimento odontológico, obedecendo alguns critérios. São selecionados os municípios que, por exemplo, mantenham o maior número de equipes de saúde bucal no Programa Saúde da Família, possuam Centros de Especialidades Odontológicas e menor índice epidemiológico em crianças com idade escolar, entre outros.

Premiados

Municípios até 50.000 habitantes

1º – Naviraí (MS)

2º – Ibiporã (PR)

3º – Porto Real (RJ)

4º – Alhandra (PB)

5º – Três Passos (RS)

 

Municípios de 50.001 a 300.000 habitantes

1º – São Sebastião (SP)

2º – Cascavel (PR)

3º – Resende (RJ)

4º – Chapecó (SC)

5º – Sorriso (MT)

 

Municípios acima de 300.001 habitantes

1º – Curitiba (PR)

2º – Diadema (SP)

3º – Florianópolis (SC)

4º – Manaus (AM)

5º – Pelotas (RS)

 

 

 



Últimas Notícias