Luís Gava/PMC

Prefeitura de Caraguatatuba divulga 2ª chamada para a Guarda Mirim



Postado em: 05/08/2018


A Prefeitura de Caraguatatuba convocou mais 12 candidatos selecionados para o Curso de Formação para Guarda Mirim no Diário Oficial Eletrônico do Município de Caraguatatuba, no link https://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/wp-content/uploads/2018/08/Edital_042_Ano_I.pdf (Edital nº 42, págs. 4 e 5). Os jovens devem comparecer até esta segunda-feira (06), das 9h às 16h30, na Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, no bairro Caputera.

 Quatro convocados se inscreveram nas vagas de ampla concorrência e oito foram selecionados entre os referenciados dos programas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

A Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão fica na Rua Irmã São Francisco, 83 – Caputera (via ao lado do Assaí Atacadista, na antiga base da Polícia Rodoviária Estadual). O telefone é (12) 3886-6080.

 Seleção

Ao todo, 590 adolescentes fizeram inscrição entre os dias 29 de junho e 13 de julho pela internet. Desse total, 315 garotos e 275 garotas com idades entre 14 e 16 anos se cadastraram para as 30 vagas de ampla concorrência do programa.

A prova escrita foi aplicada no dia 22 de julho, na EMEF Prof. Antônio de Freitas Avelar (Estrela D'Alva) e EMEF Doutor Carlos de Almeida Rodrigues (Indaiá). O teste teve 25 questões de Língua Portuguesa (10), Matemática (10) e História de Caraguatatuba (5).

Outras 30 vagas serão distribuídas por programas sociais geridos exclusivamente pela prefeitura, para pessoas em situação de vulnerabilidade social que serão selecionadas pelo corpo técnico da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania.

As convocações podem ser acompanhadas no Diário Oficial Eletrônico do Município de Caraguatatuba, pelo link http://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/category/diario-oficial/.

 

Programa

O Programa de Aprendizagem da Guarda Mirim tem como objetivo contribuir com a formação profissional e cidadã desses adolescentes. Os participantes receberão uniformes e uma bolsa auxílio de 60% do salário mínimo (R$ 572,40).

Terá um ano e seis meses de duração, sendo que nos primeiros seis meses o adolescente será aspirante à Guarda Mirim e não será remunerado.

Após concluído o curso preparatório, o jovem passa a ser Guarda Mirim e passa receber a bolsa auxílio. A carga horária é de 20 horas semanais, dividida em dois períodos (manhã e tarde). As atividades serão desenvolvidas em horário contrário ao período escolar.

O aspirante à Guarda Mirim (primeira fase) passará pela pré-aprendizagem e formação que contará com conteúdos de disciplinas da Base Nacional Comum, aulas de cultura caiçara, que abordarão aspectos históricos e geográficos da região, em especial Caraguatatuba, além de aulas de legislação, cidadania e atividades e projetos complementares.

Nesta fase os integrantes receberão orientações em temas como Defesa Civil, atividade física, ética, cidadania, noções gerais de direito e direito constitucional, noções gerais de legislação e trânsito, além de noções básicas de ecologia e preservação do meio ambiente.

Já o Guarda Mirim (segunda fase) realizará o curso de formação profissional ministrado por uma instituição ainda a ser escolhida, mediante a legislação vigente, para que os jovens sejam inseridos no mercado de trabalho pelo Projeto Primeiro Emprego.

A sede do programa deverá ficar no prédio do Corpo de Bombeiros, que terá uma sala adaptada para as aulas da pré-aprendizagem, além de contar com outras áreas fundamentais para o funcionamento do projeto. 

Documentos necessários para a posse

- Comprovante de matrícula na rede pública municipal ou estadual regular de ensino, bem como, comprovante de bolsa em Instituição Particular de Ensino; RG ou Certidão de nascimento; CPF; RG e CPF do responsável legal; Comprovante de residência (água, luz, telefone fixo, contrato de aluguel ou declaração de testemunha com firma reconhecida em cartório); comprovante de renda.

- Duas fotos 3 x 4, coloridas e atuais.

- Atestado médico que comprove aptidão para educação física ou em caso de impossibilidade de praticar atividades físicas.



Últimas Notícias